Duelo 2020: Nissan Kicks SV 1.6 CVT X Honda HR-V EX 1.8 CVT

Duelo comparativo entre Nissan Kicks 2020 e Honda HR-V 2020

Comparativo entre Nissan Kicks 2020 e Honda HR-V 2020

Se no Duelo anterior, o Nissan Kicks conquistou uma folgada vitória sobre o Jeep Renegade, agora o adversário é outro, também de origem oriental, numa disputa bem mais equilibrada. Como os preços, infelizmente, subiram, nosso corte anterior, que era de R$ 90.000, foi para R$ 105.000.

Ambos como linha 2020 e com câmbio automático do tipo CVT, quem leva a melhor na disputa: Nissan Kicks SV 1.6 ou Honda HR-V EX 1.8?

Kicks e HR-V já se enfrentaram no De 0 a 100, mas em vídeo (em 2017):

Leia outros comparativos do De 0 a 100:

Preços, equipamentos e revisões

Nissan Kicks S 2020 manual

Nissan Kicks S 2020

Nissan Kicks

Nissan Kicks 2020 tem como um de seus mais fortes argumentos de venda o custo/benefício.

Nissan Kicks S

Sua versão de entrada, S 1.6 com câmbio manual, parte de R$ 81.690 já equipada com acabamento de tecido nos bancos e nos detalhes das portas, airbag duplo frontal, ar-condicionado, bancos dianteiros com tecnologia Zero Gravity; banco do motorista com ajustes de altura, banco traseiro bipartido 60/40; direção elétrica; controle do computador de bordo/áudio/telefone no volante, que tem regulagem de altura e profundidade; cinto de três pontos e apoios de cabeça para todos; fixadores traseiros para cadeiras de crianças (ISOFIX); freios ABS com EBD e assistência de frenagem (BA); controles de estabilidade e tração; sistema inteligente de partida em rampa (HSA); rodas de aço 16″ e pneus 205/60 R16; travamento central automático das portas e do porta-malas com o veículo em movimento; vidros dianteiros e traseiros elétricos com sistema “one touch down” somente para o motorista; tomada 12V (2); retrovisores externos na cor do veículo e com regulagem elétrica; alarme perimétrico; faróis dianteiros com assinatura em LED; sistema de áudio com tela de 7″ sensível ao toque com 4 alto-falantes, rádio AM/FM, entrada auxiliar para MP3, conector USB, bluetooth e conectividade com Apple CarPlay e Android Auto, entre outros.

Nissan Kicks S 2020

Nissan Kicks S CVT 2020

Sem dúvida, é uma evolução notável em relação ao Kicks S 2018, embora o preço tenha aumentado de maneira incrível, de lá para cá, em cerca de R$ 11.000 (linha 2020). Por R$ 89.190, você leva o Kicks S 1.6 com câmbio automático do tipo CVT, que agrega rodas de liga leve de 16″, pneus 205/60 R16 e cruise control (“piloto automático”).

Nissan Kicks SV

Finalmente chegamos na versão que interessa aqui nesse comparativo, a SV 1.6 CVT, sem dúvida, a mais atraente de toda a linha – não é à toa que é a mais vendida.

Nissan Kicks SV CVT 2020

Nissan Kicks SV 2020

Com preços sugerido de R$ 96.290, ela vem com os itens da S CVT além de câmera traseira com imagem integrada ao display do rádio; chave inteligente presencial (I-Key); faróis de neblina; retrovisores externos com regulagem elétrica e indicador de direção de LED; rodas de liga leve 17″ e pneus 205/55 R17; sensor de estacionamento traseiro e sistema eletrônico de ignição (botão Push Start).

Pacote “Pack Plus”

Como o limite de corte subiu para R$ 105.000, ainda é possível adquirir o Pack Plus, que faz o preço subir R$ 3.000, e acrescenta itens que deveriam ser de série: acabamento dos bancos e detalhes das portas revestidos em “couro” sintético e airbags laterais e do tipo cortina (totalizando seis). O preço final é de R$ 99.290 (pintura metálica custa R$ 1.350 em qualquer versão).

Honda HR-V LX 2020

Honda HR-V LX 2020

Honda HR-V

Na linha 2020, o Honda HR-V tem como versão de entrada, abaixo aqui da que nos interessa, a LX, disponível apenas com câmbio automático do tipo CVT, como todo o restante da linha.

Honda HR-V LX

O HR-V LX parte de R$ 95.700 e vem equipado, de série, com airbag duplo frontal, cinto de três pontos e apoio de cabeça para todos; alarme; chave do tipo canivete com controle de abertura/fechamento das portas e dos vidros; direção elétrica; rodas de liga leve aro 17″ com pneus 215/55 R17; vidros elétricos com função um toque para todos ocupantes e sistema antiesmagamento; trava e retrovisores (na cor do veículo) elétricos; freios a disco nas quatro rodas com ABS, EBD e alerta de frenagem emergencial ESS; freio de estacionamento eletrônico com função Brake Hold e Hill Start Assist – assistente de partidas em aclives); piloto automático (cruise control), sistema ISOFIX de fixação de cadeirinha infantil na base do assento traseiro; luz de rodagem diurna (DRL) e lanternas traseiras em LED; faróis de neblina; acabamento em “couro” no console central, descansa-braço dianteiro e apoio de braço das portas; painel e portas com revestimento soft-touch (macio ao toque); ar-condicionado; sistema de áudio com visor LCD de 5″ com rádio AM/FM, 4 alto-falantes, conexão Bluetooth com comando HFT – (Hands Free Telephone) no volante, entradas USB e auxiliar (P2); câmera de marcha a ré multivisão com guias de referência; tomada 12V; volante com comandos de áudio e cruise control; coluna de direção ajustável em altura e profundidade; banco do motorista com regulagem de altura; Magic Seat – exclusivo sistema de configuração dos bancos; descansa braço dianteiro com compartimento porta-objetos; computador de bordo; banco traseiro bipartido (60/40); entre outros.

Visual do Honda HR-V EX 2020

Honda HR-V EX 2020

Honda HR-V EX

Chegando ao Honda HR-V EX, seu preço sugerido é de R$ 103.000 e ele vem com os itens do LX com a adição de paddle shift para troca de marcha (sete virtuais), sensor de estacionamento traseiro; airbags laterais (totalizando quatro); retrovisores externos na cor do veículo com luz indicadora de direção; dois tweeters; ar-condicionado digital touchscreen e central multimídia com tela de 7”, bluetooth com comando para ligações e reprodução de músicas no volante, interface para smartphones Apple CarPlay e Android Auto.

Pintura metálica ou perolizada: R$ 1.350, enquanto as cores especiais valem R$ 1.500.

Diferenciais do Kicks SV Pack Plus – R$ 99.290

Nissan se destaca com bancos dianteiros com tecnologia Zero Gravity; revestimento dos bancos em “couro” sintético, chave inteligente presencial (I-Key); sistema eletrônico de ignição (botão Push Start) além de airbags do tipo cortina (são seis ao todo contra quatro do concorrente).

Dianteira do Honda HR-V EX 2020

Dianteira do Honda HR-V EX 2020

Diferenciais do HR-V EX – R$ 103.000

Honda contra-ataca com paddle shift atrás do volante para trocas de marchas, freio a disco nas quatro rodas (adversário tem tambor na traseira), freio de estacionamento (de mão) eletrônico, ar-condicionado digital touchescreen (ser sensível ao toque não é vantagem nenhuma); dois tweeters, sistema one touch para todos os vidros e o exclusivo sistema de configuração dos bancos Magic Seat (tipo o do Fit).

Revisões*

Nissan Kicks (peças + mão de obra)

  • 1ª revisão – R$ 399,00 (R$ 399,00 + R$ 0,00)
  • 2ª revisão – R$ 559,00 (R$ 559,00 + R$ 0,00)
  • 3ª revisão – R$ 419,00 (R$ 419,00 + R$ 0,00)
  • 4ª revisão – R$ 569,00 (R$ 569,00 + R$ 0,00)
  • 5ª revisão – R$ 419,00 (R$ 419,00 + R$ 0,00)
  • 6ª revisão – R$ 559,00 (R$ 559,00 + R$ 0,00)
    Total: R$ 2.924,00
    Garantia: 3 anos

Honda HR-V (peças + mão de obra)

  • 1ª revisão – R$ 311,96 (R$ 311,96 + R$ 0,00)
  • 2ª revisão – R$ 509,22 (R$ 509,22 + R$ 0,00)
  • 3ª revisão – R$ 546,46 (R$ 311,96 + R$ 234,50)
  • 4ª revisão – R$ 1.246,17 (R$ 576,17 + R$ 670,00)
  • 5ª revisão – R$ 546,46 (R$ 311,96 + R$ 234,50)
  • 6ª revisão – R$ 1.540,96 (R$ 1.105,46 + R$ 435,50)
    Total: R$ 4.701,23
    Garantia 3 anos

*: Preços das revisões retirados dos sites das respectivas marcas em 13/05/2020.

Kicks X HR-V

Os dois SUVs apostam em equipamentos um pouco diferentes para conquistar o consumidor:

  • O Kicks tem menos diferenciais, mas a partida sem chave, bancos em “couro” sintético e, especialmente, mais dois airbags são argumentos fortes – sem contar o fato de custar R$ 3.710 a menos (dá para pagar o IPVA ou o seguro) e de ter as seis primeiras revisões R$ 1.777,23 mais baratas ao todo.
  • O HR-V tem um número maior de diferenciais que o torna mais caro. Gosto do sistema Magic Seat, dos freios a disco na traseira, do ar-condicionado digital e do paddle shift. Modelo conta ainda com toda a confiabilidade da Honda – que cobra por isso.

A disputa é muito equilibrada e, sem incluir as revisões, eu decretaria um empate. Mas, com elas, vitória do Kicks – poder poupar R$ 5.487,23 (compra + revisões) faz muita diferença.

Resultado: Nissan Kicks 1 x 0 Honda HR-V

Nissan Kicks SV 2018 CVT

Nissan Kicks SV CVT

Desempenho

As propostas de motorização dos dois carros são relativamente semelhantes, apostando em quatro cilindros e 16 válvulas. Enquanto o Nissan conta com o popular 1.6 16V, disponível para todos os carros da marca fabricados no Brasil, como no meu March SL, o Honda adota o conhecido e confiável motor 1.8 16V i-VTEC. 

O HR-V 1.8 desenvolve 139 cv de potência e 17,3 mkgf de torque com gasolina e 140 cv e 17,4 mkgf com etanol, enquanto o Kicks 1.6 tem 114 cv e 15,5 mkgf com qualquer um dos dois combustíveis.

Diferença prática

Por mais que um pareça bater fácil no outro, na prática, não é o que acontece. Temos um fator importante aqui, que faz o Nissan se destacar.

Mas os dois se parecem muito em termos de dirigibilidade. Gosto um pouco mais do rodar do Honda – me sinto mais confortável – mas o Nissan também é muito gostoso.

Motor do Nissan Kicks 2020

Motor 1.6 16V do Nissan Kicks 2020

Kicks: valente, mas sem gana

O Kicks parece fraco com seus 114 cv – realmente merece mais força e isso já está nos planos da marca. Mas seu baixo peso, 1.132 kg, faz toda a diferença, ainda mais com uma transmissão automática do tipo CVT, que forma uma boa dupla com o motor 1.6.

Não espere um comportamento esportivo, nem que o carro te entregará gana para acelerar; mas saiba que o SUV fabricado em Resende (RJ) é valente e tem um desempenho compatível com o que se espera dele.

E muito importante: faz isso sem sacrificar o consumo, não importando se você está no perímetro urbano ou em rodovias. Pena que o tanque de combustível seja tão pequeno: 41 litros.

Motor 1.8 do Honda HR-V

Motor 1.8 16V do Honda HR-V 2020

HR-V: honesto, mas não superior

Analisando os números do HR-V, a situação parece mais animadora. Mas o Honda pesa 138 kg a mais do que o adversário, fazendo com que sua potência e torque superiores não façam tanta diferença.

O modelo tem arrancadas mais vigorosas e seu torque superior faz diferença especialmente quando o SUV está carregado e precisa fazer uma ultrapassagem.

Mas, em linhas gerais, o HR-V e Kicks praticamente empatam em todos os testes de desempenho (como visto na Quatro Rodas), com um prevalecendo sobre o outro (e vice-versa) em aceleração e retomadas.

O HR-V não faz feio e é bem honesto em desempenho e consumo, mas o Kicks anda junto e bebe menos, levando esse quesito.

Nissan Kicks SV Pack Plus 1.6 16V automático (CVT)

  • Potência: 114 cv (g/e) a 5.600 rpm
  • Torque: 15,5 mkgf (g/e) a 4.000 rpm
  • Comprimento: 4,295 m
  • Largura: 1,760 m
  • Altura: 1,560 m
  • Entre-eixos: 2,620 m
  • Porta-malas: 432 litros
  • Tanque: 41 litros
  • Peso: 1.132 kg
  • Consumo*: cidade – 7,7 km/l (etanol) e 11,4 km/l (gasolina) / estrada – 9,4 km/l (etanol) e 13,7 km/l (gasolina)

Honda-HR-V EX 1.8 16V i-VTEC automático (CVT)

  • Potência: 139/140 cv (g/e) a 6.300/6.500 rpm
  • Torque: 17,3/17,4 mkgf (g/e) a 4.800/5.000 rpm
  • Comprimento: 4,329 m
  • Largura: 1,772 m
  • Altura: 1,586 m
  • Entre-eixos: 2,610 m
  • Porta-malas: 437 litros
  • Tanque: 51 litros
  • Peso: 1.270 kg
  • Consumo*: cidade – 7,7 km/l (etanol) e 11 km/l (gasolina) / estrada – 8,6 km/l (etanol) e 12,3 km/l (gasolina)

*: Números de consumo são do Inmetro com base no banco de dados atualizado em 12/03/2020.

Resultado: Nissan Kicks 2 x 0 Honda HR-V

Espaço, acabamento e conforto

Painel do Nissan Kicks SV Pack Plus 2020

Painel do Nissan Kicks SV Pack Plus 2020

Kicks: muito equilíbrio

O Kicks vai bem em todos os pontos dessa análise. Seu acabamento é bom, assim como o seu espaço interno, que é totalmente condizente com a categoria, sendo muito semelhante ao do HR-V, superando o Jeep Renegade, o Ford EcoSport e o Peugeot 2008, mas perdendo para os Renault Duster e Captur.

O banco do motorista também é muito confortável e você nota isso em viagens mais longas, quando a tecnologia Zero Gravity fez a diferença – o design do banco ajuda a maximizar o fluxo sanguíneo e a manter os níveis de energia durante a condução. Faltou apenas o apoio de braço central entre os bancos dianteiros para aumentar o conforto.

Com 432 litros de capacidade, seu porta-malas também é ótimo – um dos melhores da categoria.

Detalhe do painel do Honda HR-V EX 2020

Painel do Honda HR-V EX 2020

HR-V: muito equilíbrio e um trunfo

O HR-V também vai bem em todos os pontos, superando o adversário, por pouco, em todos eles.

Ao entrar no HR-V você tem a impressão de alta qualidade. O modelo tem acabamento muito bom, superior ao do Kicks. O banco do motorista também agrada e acho o Honda um pouco mais confortável, mas nada muito superior. Em termos de espaço interno, ambos são muito próximos. No porta-malas, outra ligeira vantagem para o HR-V: 437 litros x 432 l.

Magic Seat

Mas o HR-V se diferencia pelo exclusivo sistema Magic Seat, de modularidade do banco traseiro, item que garantiu a sua vitória no quesito avaliado. São três modos de utilização:

  • Utility: rebate os encostos do banco traseiros formando uma superfície plana para acomodação de bagagens;
Magic Seat do Honda HR-V EX 2020: posição Utility

Magic Seat do Honda HR-V EX 2020: posição Utility

  • Tall: levanta o assento traseiro para permitir acomodar objetos altos no assoalho do veículo, como um vaso de plantas;
Magic Seat do Honda HR-V EX 2020: posição Tall

Magic Seat do Honda HR-V EX 2020: posição Tall

  • Long: para o transporte de volumes longos como uma prancha de surf, rebatendo também o encosto do banco do passageiro dianteiro.
Magic Seat do Honda HR-V EX 2020: posição Long

Magic Seat do Honda HR-V EX 2020: posição Long

Sem o Magic Seat, o empate seria decretado porque, embora o HR-V seja superior em espaço, acabamento e conforto, a diferença para mais é pequena. Bom para o Honda.

Resultado: Nissan Kicks 2 x 1 Honda HR-V

Honda HR-V EX 2020

Honda HR-V EX 2020

Visual

Como sempre digo, esse é um quesito subjetivo e que não vale nota. Kicks e HR-V ainda agradam bastante pelo visual, mas já começam a dar sinais de que precisam ser atualizados, especialmente o Nissan, que nunca passou por nenhuma reestilização.

O design do Kicks é cheio de quinas. Já o HR-V é um pouco maios sóbrio, o que vai mais de encontro ao meu gosto.

Visualmente falando, prefiro o Honda (por muito pouco).

SUV Nissan Kicks SL CVT 2020

Nissan Kicks venceu a disputa, mas passou aperto porque o HR-V é ótimo

Resumo da obra

Depois de dar uma surra no Renegade, o Kicks vence mais uma, mas passando um baita aperto se comparado ao comparativo anterior.

Equilibrado, o HR-V é um excelente SUV e demonstrou toda a sua qualidade, com mais diferenciais em termos de equipamentos, acabamento superior, porta-malas maior e toda a confiabilidade da marca Honda, além do Magic Seat.

Mas ele cobra (bem) mais por isso, o que foi o seu principal problema na disputa. Seu conjunto mecânico também poderia ser mais eficiente em termos de desempenho e consumo.

Por isso a vitória ficou com o Nissan, que tem tudo na média, perdendo para o adversário por pouco em alguns aspectos, mas sendo superior em itens muito importantes como média de consumo, valor de compra e custo das revisões.

ACOMPANHE O DE 0 A 100 TAMBÉM PELO:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *